6° ao 9° ano escolar

O aluno ingressa no Ensino Fundamental II em uma faixa etária em que está ávido por novas conquistas. Nessa etapa, nossa preocupação é com o desenvolvimento da capacidade de aprender, do seu raciocínio matemático e do cálculo, além do conhecimento do mundo em toda sua complexidade. Além disso, é de fundamental importância o pleno domínio da leitura, da escrita e da interpretação textual, que melhora o raciocínio lógico e contribuem para a independência e autonomia. De forma geral, buscamos desenvolver com os alunos os conceitos essenciais e as aplicações práticas principais de cada disciplina, aumentando gradativamente o nível de especificidade e criando uma base sólida para o Ensino Médio. Para conectar ainda mais o conteúdo aprendido à vivência dele – e de acordo com o que há de mais moderno no estudo de linguística – a língua portuguesa é ensinada a partir de gêneros textuais.

Não se pode esquecer de que, nesse momento da vida do aluno, é preciso privilegiar, também, o desenvolvimento interpessoal e a convivência em grupo, de modo a desenvolver a capacidade de reflexão com vistas à formação do cidadão consciente do futuro.

Conhecimento e Saber

Valorização das próprias ideias, construção do saber. O conhecimento é a chave do desenvolvimento do senso crítico e do pensamento com autonomia. Formar pessoas conscientes, dinâmicas e talentosas é o nosso compromisso. São 9 anos de aprendizado e construção que os ‘futuros talentos’ passarão.

Desenvolvimento de capacidade de comunicação oral e escrita através do uso funcional da linguagem, raciocínio lógico-matemático, interesse científico, pesquisa, criatividade e autonomia intelectual. Assimilação de valores discutidos, analisados e eleitos conscientemente, comprometimento com o próprio crescimento e do grupo, interesse na participação com responsabilidade, cooperação, companheirismo, amizade e respeito.


 

6º ano ao 9º ano

Manhã

7h20 às 11h20 (6° ao 8° ano escolar)

7h20 às 12h20 (9° ano escolar )


 

O currículo do Fundamental oferece aos alunos não apenas os conteúdos cognitivos, mas também busca inseri-lo em um contexto de formação social, política, individual e coletiva. Para vivenciar essas ideias propomos que desde cedo as crianças e adolescentes possam experimentar uma forma privilegiada de formação humana, através de um ensino que privilegia o aprender a conviver, a trabalhar em grupo, a dialogar, a cooperar, a ser solidário, a respeitar o diferente, a desenvolver o sentido de justiça e a ter autonomia.

A tarefa de casa é diária, como objeto de estudo e reflexão. Elas podem ser pesquisas, leituras, atividades de criação, análise, síntese, comparação, revisão e até de fixação.

Sempre valorizando a formação do aluno como cidadão crítico e consciente da sua herança cultural, o colégio oferece em sua matriz curricular além das obrigatórias, aulas de enriquecimento curricular e complementares ministradas semanalmente ou quinzenalmente por especialistas.


 

O desempenho acadêmico é avaliado em períodos bimestrais, por menção de 0 a 10, sendo considerada a média mínima de 6,0(seis) para promoção do aluno.

Os critérios de avaliação são bem definidos, valorizando todo o processo de ensino/aprendizagem para composição de média.

A Recuperação é oferecida no termino de todos os semestres com o objetivo de recuperação da aprendizagem.

Recuperação Final é oferecida em dezembro para os alunos que no final dos bimestres não totalizarem 24,0 pontos no somatório do ano letivo, sendo o ponto mínimo 6,0 em cada bimestre.